12 dez

Os tipos de Vegetarianismo

12_vegg_blog




É muito comum confundirem veganismo com vegetarianismo, e vice e versa, vamos fazer uma breve introdução sobre o veganismo.

Como mostrado na matéria anterior o veganismo é uma filosofia de vida, baseada principalmente num ideal ético e que visa a luta contra a exploração dos animais. Por este motivo, o vegano não apenas elimina alimentos de origem animal de sua alimentação, como também não consome absolutamente nada que envolva o uso de animais, seja no contexto do vestuário, uso de cosméticos ou do entretenimento.

O vegetariano, por sua vez, costuma limitar apenas sua alimentação, seja por questões éticas ou de saúde. Ao contrário dos veganos, os vegetarianos consomem produtos que sejam de origem animal, como roupas de lã ou sapatos de couro, por exemplo.

Os vegetarianos também costumam comer alimentos com derivados de animais, como leite, mel e ovos, mas não consomem a carne em si, como aves, peixes e crustáceos.

Há principalmente cinco formas de dietas vegetarianas, classificadas de acordo com os tipos de alimentos que são consumidos:

Tabela de alimentos consumidos nas principais dietas vegetarianas

 Tipo de dieta Carne vermelha e suína Carne branca  Ovos  Laticínios  Mel
Ovolactovegetarianismo Não Não Sim Sim Sim
Lactovegetarianismo Não Não Não Sim Sim
Ovovegetarianismo Não Não Sim Não Sim
Vegetarianismo semiestrito Não Não Não Não Sim
Vegetarianismo estrito Não Não Não Não Não
  1. Ovolactovegetariano: Dieta composta por alimentos de origem vegetal, ovos, leite e derivados. Nesta dieta há apenas a exclusão de qualquer tipo de carne da alimentação.
  2. Lactovegetariano: Dieta composta por alimentos de origem vegetal, leite e seus derivados. Os que a seguem não comem ovos nem qualquer tipo de carne.
  3. Ovovegetarianismo: Dieta composta apenas por alimentos de origem vegetal e ovos, havendo a exclusão dos produtos lácteos e seus derivados e de carne.
  4. Vegetarianismo semiestrito: Dieta que exclui quase todos os alimentos de origem animal, abrangendo o mel.
  5. Vegetarianismo estrito: É uma dieta que exclui todos os produtos de origem animal. Vegetarianos estritos não comem, assim, qualquer tipo de carne, ovos, laticínios, mel etc., retirando, da dieta, todos os produtos de origem animal.

Quem é vegetariano ou pretende iniciar esse tipo de dieta, precisa cuidar dos seus níveis nutricionais e, portanto, fazer exames frequentes para avaliar as taxas de ferro, magnésio, potássio e cálcio, dentre outros, no sangue. No mercado já existe opções de suplementação 100% vegana, normalmente é indicado a suplementação de vitamina D e vitamina B12.

Se você tem o interesse de iniciar nesse estilo de vida não esqueça que é imprescindível consultar um nutricionista, fazer exames de sangue e somente após a consulta, se for necessário, iniciar uma suplementação com a indicação do especialista.

As informações fornecidas neste site destinam-se ao conhecimento geral e não dispensam o acompanhamento de médicos ou nutricionistas, as informações contidas aqui não se destinam a diagnosticar, tratar, curar ou prevenir qualquer doença.

Nutricionista Raissa Anaisse de Araújo
CRN10: 4984

Fontes:

  • Sociedade Vegetariana Brasileira: https://www.svb.org.br/ (Acessado em 23/11/2018)
  • BAENA, R. C. Dieta vegetariana: riscos e benefícios. Diagn Tratamento, v. 20, n. 2, p. 56-64, 2015.
  • COUCEIRO, Patricia; SLYWITCH, Eric; LENZ, Franciele. Padrão alimentar da dieta vegetariana. Einstein, v. 6, n. 3, p. 365-373, 2008.
TAGS: