27 fev

Oleaginosas são uma boa opção de lanche?

2702 - Blog - Dicas - Oleaginosas




As oleaginosas são alimentos com um alto teor de gorduras boas. São fontes de vitaminas e minerais e, assim, além de conferir energia, contribuem para o bom funcionamento do organismo. Dentre as mais comercializadas estão: castanha do pará, amendoim, avelã, nozes, macadâmia, amêndoa e castanha de caju.

Castanha do Pará: Fonte de Selênio, mineral que ajuda na inativação de radicais livres, fortalece o sistema imunológico e ativa hormônios como o da tireoide.

Castanha de Caju: Rica em zinco, arginina e gorduras poli-insaturadas, auxilia na prevenção de anemia, melhora o desempenho durante atividades físicas e ainda ajuda na redução do colesterol LDL (ruim) e aumento do HDL (bom).

Avelã: Rica em gordura monoinsaturada, auxilia na redução do colesterol LDL (ruim) e aumento do HDL (bom).

Macadâmia: Possui flavonóides, que têm atividades antioxidantes, combatendo os radicais livres e auxiliando na prevenção do câncer.

Amêndoas: Fonte de antioxidantes, gordura monoinsaturada, vitamina B1 e E, ajudando assim na proteção cardiovascular.

Nozes: Rica em Ômega-3, auxilia na manutenção da proteção do cérebro e ainda é rica em vitamina E.

Amendoim: Destaca-se o ácido graxo insaturado Ômega-6, que auxilia na redução do colesterol LDL (ruim) e aumento do HDL (bom).

Além dos benefícios citados acima, existem inúmeros outros. Se consumidas com moderação, as oleaginosas são uma fonte excelente de energia, vitamina e minerais. Ainda podem contribuir para uma dieta mais balanceada.

Você pode preparar um mix com algumas variedades e comer nos intervalos entre as refeições, pode adicionar em iogurtes, no kefir, combinar com frutas, usar em preparações de pães e bolos, ou ainda usá-las na preparação de leites vegetais.

Essas informações não dispensam o acompanhamento de médicos ou nutricionistas.