fbpx
13 jan

Motivos para incluir frutas na alimentação

frutas




Frutas! De onde elas vieram, não sabemos! Cada um acredita em uma versão sobre o surgimento do planeta e tudo que ele nos oferece! Mas sabemos que a evolução inicial do homem baseou-se na observação dos outros animais. Ele aprendeu a consumir o que era ofertado pela natureza e sua nutrição era baseada em frutas e hortaliças nativas disponíveis na época de acordo com as estações do ano e condições climáticas, sendo posteriormente complementada pelas proteínas animais oriundas da caça e pesca. Após anos de evolução, o cultivo tornou-se maior e o acesso mais facilitado, porém, ao mesmo tempo, veio a urbanização e industrialização, fazendo o consumo alimentar de vegetais se tornar secundário ao consumo de produtos alimentícios industrializados, ricos em açúcar, farinhas, gorduras hidrogenadas e muitos aditivos químicos.

É fato que nos últimos anos o setor do agronegócio tem desenvolvido cada vez mais técnicas e produtos que aumentem a produção, a rentabilidade e a disponibilidade das frutas durante todo o ano, trazendo pontos positivos na questão de disponibilidade e pontos negativos pela maior contaminação com agentes químicos. De modo que, mesmo diante dessa condição, o poder nutricional das frutas supera qualquer alimento industrializado e refinado, sendo esta uma condição irrelevante para o não consumo.

Por isso, vamos apresentar a você alguns motivos para incluir frutas na alimentação para ontem!

>> As frutas são excelentes fontes de carboidratos, vitaminas, minerais e fibras, indispensáveis ao funcionamento celular e à saúde humana. São alimentos íntegros, não refinados e processados.

>> O carboidrato mais presente nas frutas, chamado frutose, fornece energia para as atividades diárias. Associada ao açúcar da fruta, temos fibras que formam um gel e maior viscosidade ao bolo fecal, tornando a digestão e absorção mais lenta, promovendo mais saciedade e energia continua, além de atuarem de forma positiva nas funções intestinais.

>> As vitaminas e minerais exercem diversas funções, principalmente atuando como cofatores de reações enzimáticas. São peças-chave que quando faltam não permitem o funcionamento adequados das células, levando a disfunção nos sistemas corporais.

>> Além desses nutrientes, as frutas apresentam compostos bioativos, substâncias que a planta desenvolve para sua defesa contra o meio externo e que conferem a cor da fruta. Quando ingeridas por nós, exercem atividades antioxidantes e anti-inflamatórias de defesa ao organismo.

Motivos não faltam para o consumo! Os estudos científicos que relacionam o consumo de frutas à qualidade de vida e à saúde, recomendam em torno de 2 a 5 unidades ao dia. As quantidades são individuais para cada pessoa de acordo com sua rotina de vida e necessidades nutricionais. Mas uma coisa é fato: você deve consumi-las! Então faça um esforço para incluir frutas em sua rotina. Sua saúde, sua disposição e energia agradecem!

E aí, gostou da matéria? Compartilha com a gente sua opinião sobre o assunto!

TAGS: