29 dez

Canela x Ibuprofeno

2912 - Blog - Matéria - Canela




Sentir cólicas menstruais é algo muito comum entre as mulheres, seja por questão hormonal ou simplesmente por hábitos alimentares inadequados. Em decorrência desse desconforto ocorre o uso indiscriminado de remédios para dor.

Um dos remédios mais comuns é o ibuprofeno, fármaco do grupo dos anti-inflamatórios não esteroides (AINE).

O ibuprofeno partilha de todos os efeitos colaterais dessa classe de fármacos. Os principais, em ordem decrescente de frequência, são: dispepsia (queimação no estômago), náuseas, azia, tonturas, visão turva, zumbidos no ouvidos, retenção de líquidos e edemas, prisão de ventre, excesso de gases, coceiras e diminuição do volume urinário. Sendo que duas complicações graves são a úlcera péptica e a insuficiência renal, que podem surgir com o uso prolongado de qualquer AINE.

Recentemente foi publicado no Journal of Clinical and Diagnostic Research, o estudo iraniano intitulado: “Efeito comparativo entre a canela e o ibuprofeno para o tratamento da dismenorreia primária: um ensaio clínico randomizado duplo-cego” (tradução), o qual avaliou o efeito de 420mg de canela (Cinnamomum zeylanicum), 400mg de ibuprofeno, ou um placebo de amido, em três grupos de 38 mulheres, monitorando tanto a intensidade da dor como a duração em todos os grupos.

Os pesquisadores chegaram à conclusão de que a canela pode ser considerada como um tratamento seguro e eficaz para as cólicas.

Considerando os efeitos maléficos que o uso do ibuprofeno acarreta à saúde, a canela torna-se uma ótima alternativa natural e efeitos positivos para melhora da dor.

Essas informações não dispensam o acompanhamento de médicos ou nutricionistas.

Letícia Longhi Rocha
Nutricionista – CRN 10-3814

Fonte: The Sleuth Journal.