08 set

ALCALINIZAÇÃO x ACIDIFICAÇÃO

alcalinização_acidificação_blog




Já ouviu falar em alimentação alcalina ou ácida? Ela é derivada da metabolização dos alimentos, que após ingeridos e digeridos formam resíduos com poder acidificante ou alcalinizante. E por que é importante saber se os alimentos têm esse poder? Porque isso determina o pH do organismo (sangue ou urina), se o pH for ácido, há maior risco para desenvolver doenças crônicas, como diabetes tipo 2, doença cardiovascular, cálculo renal, doenças ósseas e esteatose hepática.

O pH varia em uma escala de 0 a 14, o valor de 7 é neutro, abaixo desse valor é ácido e acima é alcalino. O pH do sangue humano deve ser levemente alcalino, entre 7,35 a 7,45, já o da urina é mais ácido, varia entre 5,5 e 7,0.

O que torna o pH ácido? Um pH ácido pode ocorre devido a vários fatores, como uma dieta ácida, alimentos com pesticidas, uso de tabaco, ingestão de medicamentos que formam ácidos, estresse emocional, acúmulo de toxinas e/ou reações imunes a qualquer processo que impede as células de oxigênio e outros nutrientes.

O corpo irá tentar compensar o pH ácido usando minerais alcalinos, principalmente cálcio, magnésio e potássio, aumentado assim suas perdas e podendo causar deficiências nutricionais, como osteopenia.

A dieta ácida inclui alimentos proteicos (como carne, peixe, aves, ovos, laticínios e grãos), alimentos processados, rico em farinhas e açúcares, consumo de café, adoçantes artificiais, refrigerantes, bebidas alcoólicas e é pobre em vegetais frescos. Já a dieta alcalina inclui frutas, vegetais verdes, ervilhas, temperos, ervas, sementes e castanhas.

Vale lembrar que a formação de resíduos com poder acidificante ou alcalinizante dos alimentos não tem nada a ver com o pH do próprio alimento, ou seja que esteja relacionado a seu sabor. Por exemplo, o limão é muito ácido, entretanto os produtos dele após a digestão e assimilação são muito alcalinos, então o limão é um alcalinizante no corpo, da mesma forma, a carne é alcalina antes da digestão, mas ela deixa resíduos muito ácidos no corpo, então, como quase todos os produtos animais, a carne forma ácidos.

Por que o pH alcalino é mais adequando? O pH alcalino (em torno de 7,35 a 7,45) permite uma boa oxigenação e nutrição das células e tecidos, deixando o organismo em equilíbrio (homeostasia), protegendo assim de diversas doenças crônicas.

Para corrigir um corpo caracterizado acidificante, é importante analisar seu estilo de vida e observar sua alimentação. O objetivo deve ser baseado em uma alimentação saudável e mais equilibrada.

 

*Essas informações não dispensam o acompanhamento de médicos ou nutricionistas.